Meditar: A chave para manter corpo e mente em ordem

Com diversos benefícios comprovados cientificamente, prática é amplamente recomendada para quem buscar equilíbrio emocional e foco


Não dá para negar, a intensidade da rotina moderna transformou nossa mente em algo extremamente exigente com o tempo que dedicamos a realização das diversas tarefas do nosso dia a dia.


Tudo precisa ser feito rápido, de forma constante e da melhor maneira possível. Dessa forma, essas exigências internas e externas têm sido responsáveis por diversos distúrbios de saúde na sociedade contemporânea: Dificuldade para dormir, ansiedade, stress, depressão.


Com tudo isso em perspectiva, a meditação é uma das ferramentas mais difundidas como forma eficaz de garantir estabilidade mental e emocional. Prática milenar que após conquistar adeptos ao redor do mundo, também começou a ter seus benefícios comprovados cientificamente.


Menos stress e mais clareza para realizar múltiplas tarefas


A meditação, explicada de maneira simples, é um “exercício mental” de foco e concentração que nos auxilia na manutenção da atenção no presente.

A prática diária dessa atividade é apontada como uma das formas mais eficazes na redução do stress, justamente por ajudar o praticante a manter seu foco no agora, entendendo os problemas da situação, sem fugir deles.


Essa forma mais focada de encarar a dor e a ansiedade gerada pela demanda de atividades que surgem durante o dia acaba refletindo na maneira como tomamos decisões em ambientes que exigem a realização de múltiplas tarefas, seja pela clareza de pensamento, seja pela tranquilidade em entender quando não será possível fazer algo.


A meditação é uma boa amiga do sono e do coração


Pesquisas realizadas em diversas partes do mundo comprovam que meditar é uma das maneiras mais eficazes de manter o ciclo do sono em dia.

Afinal, muito dos casos de insônia têm como gatilho a ansiedade gerada pelas demandas da nossa rotina de vida, algo que pode ser combatido com a inserção de rápidas práticas de meditação durante o dia.


Outro ponto importante no qual a meditação ajuda de forma direta, é o coração. Uma pesquisa realizada durante nove anos pela Associação Americana do Coração concluiu que a meditação reduz em quase 50% as chances do praticante ser acometido por um ataque cardíaco.


Meditação auxilia a memória e diminui os pensamentos vagos


Ser capaz de manter a mente tranquila é algo que auxilia diretamente na manutenção do foco em trabalhos e tarefas específicas. Sem os devaneios da mente, lembrar de informações importantes e realizar tarefas de forma mais dinâmica se torna menos estressante e mais simples.


Uma das melhores armas contra a ansiedade


Um dos principais fatores para que exista um estado de ansiedade exagerado é o constante foco no futuro. A preocupação com o que deverá ser feito nos deixa em constante alerta, algo que altera o funcionamento do corpo e da mente.


A meditação, mais uma vez, com a sua intenção de nos fazer focar no agora, faz com que essa preocupação diminua, à medida que a praticamos. Uma forma, cientificamente comprovada, de reduzir os níveis de ansiedade e que pode ser colocada em prática a qualquer momento.